Luta: Claudia Rodrigues é internada e fãs se desesperam

0
1034

A atriz Cláudia Rodrigues é muito famosa nacionalmente. Embora esteja afastada das telinhas, ela continua eternizada na memória dos fãs.

Ao interpretar a diarista “Marinete”, ela entrou para a história e arrancou gargalhadas de muitos brasileiros.

Cláudia é uma comediante de mãe cheia e em todas as suas interpretações, ela demonstra grande talento e empenho.

Mas, infelizmente a atriz foi vítima de uma grave doença. Foi no ano 2000, que a atriz descobriu que estava com esclerose múltipla.

Atriz é internada novamente e fãs tentam manter a esperança

Mesmo após ter sido diagnosticada com a doença, não abandonou seu trabalho. Ela deu vida a “Marinete” em “A Diarista” entre 2004 e 2007.

Os anos se passaram e ela continua se tratando dessa enfermidade. Porém, uma triste noticia abalou os fãs da artista.

Adriane Bonato é empresária e amiga da atriz. Adriane se mostrou muito tensa em relação ao estado de saúde de Claudia Rodrigues.

A empresária sempre se mostrou muito esperançosa em relação a cura da doença de Claudia.

Entretanto, dessa vez, Bonato transpareceu estar muito preocupada com o desfecho do problema da grande humorista.

De acordo com informações do jornal “Extra”, Claudia foi levada para o Hospital Albert Einstein. Lá, ela passaria por uma bateria de exames e poderia ser internada.

Atualmente, a atriz faz um tratamento intensivo contra as sequelas que são causadas às pessoas que sofrem de esclerose múltipla.

Desde junho deste ano, a atriz executa dois tipos de tratamentos que são considerados revolucionários e vanguardistas.

A esperança de muitas pessoas, era que a atriz fosse curada até o final desse ano, pois recentemente a atriz havia recuperado sua voz integralmente.

Por esse motivo, muitas pessoas ficaram esperançosas em relação a sua recuperação.

Conheça os dois tratamentos escolhidos por Cláudia

Um dos meios pelos quais a humorista se submeteu, se chama REAC e envolve técnicas eficientes no combate aos sintomas da esclerose múltipla.

A outra técnica que está sendo usada aliada ao REAC, se chama Bemer. Bemer é uma técnica alemã que geralmente tem a duração de 45 dias.

Esse tratamento específico seria finalizado no dia 20 de dezembro e estava sendo realizado no Hospital Albert Einsten.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here