Justiça bate o martelo e Gusttavo Lima tem bens penhorados

A justiça determinou que ele pague 2,5 milhões de reais pelo crime e caso não cumpra com a ordem, deverá ter seus bens penhorados.

0
494
“Prazo de cinco dias, sob pena de prosseguir o feito com o julgamento no estado do processo.

As coisas não andam nada bem assim para o sertanejo Gusttavo Lima após decisão judicial que o condenou por crime de plágio.

A justiça determinou que ele pague 2,5 milhões de reais pelo crime e caso não cumpra com a ordem, deverá ter seus bens penhorados.

A juíza Maria Cristina Lima, ainda ordenou a apreensão dos CDs que contém a canção. Prazo de cinco dias, sob pena de prosseguir o feito com o julgamento no estado do processo. Escoando o prazo, certifique o Cartório o cumprimento ou não da determinação e voltem conclusos”.

 De acordo com o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), a música “Que Mal Te Fiz Eu (Diz-me)” foi registrada em outubro de 2008 na Sociedade Portuguesa de Autores (SPA), com sua utilização autorizada sem exclusividade, no entanto, não deveria sofrer nenhum tipo de alteração na letra, o que acabou acontecendo.

Por meio de uma nota, o sertanejo explicou o caso: “Gusttavo Lima gravou uma versão, e toda versão é aprovada pelo autor por sofrer alterações pela mudança do idioma. A letra versionada é enviada aos responsáveis pela aprovação. Esta mesma versão foi gravada pelo cantor Tayrone Cigano, pelo qual Gusttavo tomou conhecimento da canção”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here